A porta aqui está aberta aos membros da ComELA-Brasil que gostam de cantar e declamar poesias.

Enviar para: vaniadecastro@vaniadecastro.com.br  

No assunto coloque: Músicas e Poesias Declamadas

 

1 Member
Join Us!

Canto e declamaçao

A porta aqui está aberta para os membros da ComELA-Brasil que gostam de cantar e declamar poesias. Enviar para: vaniadecastro@vaniadecastro.com.br  

No assunto coloque: Músicas e Poesias Declamadas

*******************

 

(Cantor Cristão)

Voz: Maria Regina de Castro Peixoto

**************

w.recantodasletras.com.br/audios/poesias/65600

************************

POEMA COLETIVO:

PRESENTE DE NATAL

Queridos integrantes da ComELA-Brasil,

nosso poema coletivo declamado!!

Meu afeto e parabéns a todos!

Vania

***********************

http://www.recantodasletras.com.br/audios/poesias/13701

http://www.recantodasletras.com.br/audios/poesias/13210

http://www.recantodasletras.com.br/audios/poesias/13505

 

Comentários
  • Versículos de Amor -

    O amor é uma das manifestações mais famosas do mundo. Muitos falam do amor, mas nem todas as pessoas conhecem o verdadeiro amor.

    Não existe um amor igual ao amor de Deus, porque só esse amor, através de Jesus, pode transformar as nossas vidas e nos completar.

     

     

     

  • Não acredite em algo simplesmente porque ouviu. Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito. Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos. Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade. Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração. Mas depois de muita análise e observação, se você vê que algo concorda com a razão, e que conduz ao bem e beneficio de todos, aceite-o .

    Buda

  • " Que todo murmúrio vire oração. Que todas as dores se tornem risos. Que toda a fraqueza se torne em leveza. Que todo tormento se torne em paz. Que todo o vazio, transborde em amor. E que Deus esteja contigo aonde quer que você for." A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam... Tenham todos uma boa noite!

  •  

    Para os que com ELA parece sempre conheci, a seiva redescobri

     

    Sua vida passou porque veio de uma transformação - nascer

    e dentro de ti como se fosse  um vinhedo, sementes lograram

    vários tipos e cores floresceram de ti e por quem passastes - viver

    observador histórico vi passados, sonhos passaram, ficam

    no coração de quem vive estão a passar e a transformar

     

    Assim como do vinhedo vem a maturidade da uva

    e com ela o gosto da vida, se extrai o vinho - suave entontecer

    que separado da videira, antes semente, folhas - diferente chuva

    uma por estação alquimia da essência - seiva espírito da uva viver

     

    Fostes semente do amor - nascer

    fostes vida com amor - conhecer

    deixaste um legado de quem te conhece - romper

    segues agora, talvez meio entontecido, reencontro - novo alvorecer

    Teu silêncio trabalhou como a seiva espírito

    Garante a serenidade por quem aprendeu amar

    a matéria se transforma como a videira um dia

    e você se vai para juntos realizarmos - quebrar amnésia

    permitir que o Incriado, talvez como nós a operar - no infinito transformar

     

    Para os corações hoje ausentes

    fica fisgado eterno presente

    num processo sem fim - pungente

    sabores ausentes - essência seival

    tempo que foi, espírito que transformou - certeza real.

     

     

     

  • Marco, eu entendo e sei que o Prof. Pinheiro também entenderá! rs

    E não se preocupe que aqui na ComELA-Brasil cabem agnósticos, panteístas, religiosos, assim

    como, aqueles que escrevem sobre espiritualidade e, também,

    pessoas voltadas para a reflexão das questões

    relacionadas a inter-religiosidade.

    E Teillard Chardin é complexo mesmo rs rs.

    Abração,

    Vania

    Você é sempremuito bem-vindo aqui!

    Obrigada.

    Meu carinho,

    Vania

  • Obrigado, Vania. Vou ler mais o que escreve o prof. Pinheiro. É difícil falar dos pensamentos, a partir de um fragmento, e posso ter me precipitado. bjs. Meu eu agnóstico não compreende bem o caminho para a Complexidade do Teillard Chardin.

  • Marco,

    fiquei pensando na sua observação quanto ao último poema declamado.

    O último poema é uma prece escrita por José Pinheiro de Souza, uma pessoa especial,

    um grande pensador, um grande professor de Linguística, cujos livros provocam polêmica

    pela sua coragem em mexer em um tema tão profundo e, que aparentemente, não deveria ser

    questionado por ninguém! E prof. Pinheiro, ousado escreve a respeito dos diálogos inter-

    religiosos. Um tema que está posto e, assim deveria ficar.

    No entanto, prof. Pinheiro não reprimiu as suas inquietações e lá mexeu. rs rs

    Convido-o a entrar em seu Blog e Site e conhecer um pouco mais o trabalho

    do querido prof. Pinheiro. O endereço é:

    http://jpinheirosouza.blog.uol.com.br/ 

    http://www.professorpinheiro.com/

     

    Agradeço a presença e comentários.

    Meu carinho,

    Vania

  • Marco,

    obrigada!

    Seus comentários e presença na

    ComELA-Brasil são sempre bem-vindos.

    Obrigada.

    Meu abraço,

    Vania

  • Muito bem, Vania. Você é uma excelente declamadora. Os poemas são densos e o último achei um pouco fantasioso: uma coisa é o mundo como é, outra o mundo como pensamos que deve ser.

    parabéns.

    Marco.

Para adicionar comentários, você deve ser membro de ComunidadeELA-Brasil.

Join ComunidadeELA-Brasil

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –