Comunidade ELA-Brasil

Espaço para reinventar a vida

NUTRIÇÃO E ELA

Queridos membros da Comunidade ELA-Brasil 

estamos com o novo Projeto Nutrição e ELA.

A nutricionista Cristina Salvioni escreverá textos informativos sobre as questões nutricionais em esclerose lateral amiotrófica/doença do neurônio motor.

Cristina C. S. Salvioni 
Nutricionista - CRN 26.230
Mestra em Neurociências pela
Universidade Federal de São Paulo
Nutricionista nos ambulatórios de
Esclerose Lateral Amiotrófica da UNIFESP e USP.

 

TEXTO 1

Vale a pena a suplementação com vitamina D para o tratamento da Esclerose Lateral Amiotrófica?

A esclerose lateral amiotrófica (ELA) é uma doença neurodegenerativa fatal caracterizada por perda dos neurônios motores superiores e inferiores no cérebro e medula espinhal.

O papel da deficiência de vitamina D em condições neurológicas atualmente é discutível. A melhor compreensão da função da vitamina D na ELA é necessária para determinar se os ensaios clínicos de suplementação são justificados.

Em estudo recente, 125 pacientes com ELA foram avaliados com o objetivo de relatar os níveis de vitamina D durante o curso da doença e avaliar a sua relação com parâmetros clínicos no diagnóstico e com a progressão da ELA.

Os resultados desse estudo demonstraram que as concentrações de vitamina D foram maiores nos pacientes com início bulbar e foi negativamente associada com o índice de massa corporal (IMC). A escala de avaliação funcional, ALSFRS-R, e o IMC demonstraram que os níveis mais elevados de vitamina D previu pior prognóstico.

Nesse estudo, houve um efeito negativo associado aos níveis mais elevados de vitamina D no curso da ELA. Estudos prospectivos são necessários para entender melhor o envolvimento da vitamina D na doença.

Em suma, a melhor compreensão da hipovitaminose D na ELA é necessária antes da suplementação de altas doses dessa vitamina para o tratamento da doença.

O estudo, Vitamin D is Not a Protective Factor in ALS, pode ser acessado no link da pesquisa: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26096806 

TEXTO 2

Gastrostomia endoscópica percutânea na Esclerose Lateral Amiotrófica

A perda de peso é cada vez mais considerada como um marcador prognóstico negativo na esclerose lateral amiotrófica (ELA). Apesar da importância crítica de questões nutricionais na doença e do uso comum de gastrostomia endoscópica percutânea (GEP), há carência de conhecimento sobre o melhor momento de indicação da sonda, os parâmetros ideais de nutrição enteral e sobre sua potencial atuação sobre o curso da doença.

Em um estudo prospectivo multicêntrico sobre PEG publicado em 2015 com 89 pacientes acompanhados por 3 anos, o procedimento foi considerado seguro mesmo em pacientes com baixa capacidade vital forçada. A administração de dieta hipercalórica foi correlacionada com maior sobrevida e a ingestão de alimentos adicionais por via oral não foi associada com um pior prognóstico.

Em suma, o estudo concluiu:

1. Baixa capacidade vital forçada provavelmente não deve ser considerada como uma contra-indicação para GEP, uma vez que não foi associada com um maior risco de complicações.

2. Inserção de GEP precoce pode melhorar a sobrevida na ELA, já que a perda de peso antes da PEG é um fator prognóstico negativo independente.

3. O estudo fornece evidências de que um alto número de pacientes com ELA e GEP se beneficiam com dieta hipercalórica.

4. Alimentação por via oral em pequenas quantidades não parece piorar o prognóstico de pacientes com ELA e GEP. No entanto, isso deve ser investigado no contexto de diferentes estágios de disfagia e sob acompanhamento profissional.

5. Embora a dieta hipercalórica deva ser prescrita, um aumento lento de calorias após o início da alimentação enteral  apresenta melhores resultados no que diz respeito à tolerância do paciente.

A avaliação por equipe multiprofissional composta por profissionais experientes que contemple os aspectos nutricionais, fonoaudiológicos e respiratórios é fundamental  para garantir a segurança do procedimento e a escolha do melhor momento de indicação da GEP.

O estudo pode ser lido na íntegra no link Pesquisa: Percutaneous endoscopic gastrostomy in amyotrophic lateral sclerosis: a prospective observational study.

TEXTO 3

Associação entre ingestão dietética e função na Esclerose Lateral Amiotrófica

Há um interesse crescente no papel da nutrição na patogênese e progressão da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). Estudos recentes buscam avaliar as associações entre nutrientes, individualmente e em grupos, funcionalidade e função respiratória a partir do diagnóstico do doente na tentativa de correlacionar positivamente a ingestão alimentar com a progressão da doença.

Em estudo recente, a ingestão alimentar de 302 pacientes com ELA foi avaliada e correlacionada com a Escala de Avaliação Funcional para pacientes com ELA (ALSFRS-R) e função respiratória.

Segundo o estudo, maiores ingestões de antioxidantes e carotenóides estão associadas com maiores pontuação da ALSFRS-R e porcentagem de capacidade vital forçada, demonstrando se associar positivamente tanto com a funcionalidade quanto com a função respiratória desses pacientes.

O estudo concluiu que os responsáveis pelos cuidados nutricionais do paciente com ELA devem considerar a promoção da ingestão de frutas e legumes, pois esses alimentos são ricos em antioxidantes e carotenóides.

O estudo pode ser acessado em:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27775751 

Comentar

Você precisa ser um membro de Comunidade ELA-Brasil para adicionar comentários!

Entrar em Comunidade ELA-Brasil

Comentário de Sandra e José Léda em 9 agosto 2016 às 22:07

Bastante esclarecedora a divulgação e vale para todos nós. 

Existem casos de pacientes de ELA, no Brasil, que as altas doses de vitamina D trouxeram sérios problemas, inclusive problemas renais muito graves. 

Quando surgem os problemas quem receitou as altas doses de vitamina D desaparecem. 

Informação qualificada é fundamental!

Administração Comunidade ELA-Brasil

Mantenedora do Site 

Vania de Castro

Psicóloga CRP 06/15110

Administração do Site: Equipe da ComELA-Brasil

Badge

Carregando...

Sobre

GENTILEZA GERA GENTILEZA

Resultado de imagem para omeletras gentileza

Imagem: Google

© 2017   Criado por Vania de Castro.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço